domingo, 28 de novembro de 2010

Amores impossíveis ...


Desculpem o trocadilho infame, mas a vida é feita de altos e baixos. Altos, fortes, morenos e sensuais, aqueles possíveis e é claro .. aquele baixinho, raquítico, meio esquisito, que não sai da sua cabeça.
(Tati Bernadi)

Claro, a teoria da conspiração tem que prevalecer. Correto?

E nada melhor do que um jogo de impossibilidades para esquentar uma paixão. Nesses jogos você tem espaço para criar a história como quiser, ganha poder, inventa, aperta pause, reseta, recomeça, brinca, pula. Ele é seu. Seu personagem. Você que controla ele. Você que decide o que tem que fazer, o que tem que conquistar. Mas, antes de tremer as pernas pelo inconquistável e apagar as luzes do mundo por um único brilho falso, olhe dentro de você e pergunte:

estupidez, masoquismo ou medo de viver de verdade?

Talvez, o " último chefão", seja você mesmo. As suas incertezas, o seu medo, o seu egoísmo. Nós somos nossos maiores inimigos e em cada fase de nossa vida, nós temos que vencer um desses problemas, caso contrário, como conseguiremos vencer? Como seremos felizes? Como saberemos se não dará certo se não tentarmos? Se não agirmos?

Há certas coisas na vida que você não precisa entender. Você precisa agir, precisa sentir, viver. Por isso, aja mais, fale menos, sinta mais, aproveite cada minuto como se fosse o último, ame o outro como a você mesmo, perdoe, arrisque mais, e com o tempo .. Tudo aquilo que você não entendia, se tornará óbvio. Tão óbvio, que se tornará patético. E você pensará " Caramba, como eu não percebi isso antes? "

Afinal .. O que é a vida, se não apenas um jogo de sobrevivência,
ao qual você não sairá vivo dela?
Se tornarmos algo impossível, isso de fato, será impossível.
As coisas se tornam mais acessíveis quando acreditamos nelas ..
Porque como diria Renato Russo .. "Quem acredita sempre alcança "
Apenas VIVA!

Juliana de Alencar.


Abra o vidro do seu coração,
o amor, gera atitude,
comece a agir, chega de falar.
Só com palavras, não se pode mudar.
(Oficina G3)

6 comentários:

Refletir, Orar e Pensar disse...

Bom!! Muito Bom! :)

Marina disse...

As vezes a gente acha que o amor não existe ...
Pois a gente se doa tanto e não recebe nem a metade do que doou ...
Será que vale apena amar alguém assim ?
Será que vale apena se entregar totalmente ?
Acho que não ...
As vezes o amor não vale apena ...
As vezes vc se destrói por um amor que não vale apena...
O amor pode de tira das "trevas" mas ao mesmo tempo ele pode de levar para as profundezas das trevas.
O pior que quem te leva para as trevas nem chega perto de se machucar ....
Ai e game over mesmo para vc ...
Ai ter que começa do zero...
Sei lá acho que não vale apena ... esse amor ...

Jully disse...

Aí é game over para a gente. Mas é sempre bom começar do zero, e seguir em frente, porque só conseguiremos saber se dará certo se arriscarmos. Mas quando não vale a pena .. quando o jogo é incerto, a melhor escolha é "zerar" e encerrar este jogo, partindo assim então para outro jogo, outro que você saiba que te trará bons resultados, porque afinal, "The game is not over". O jogo tem que continuar. :o

Laercio disse...

Massa juh *---*

Ingrid Rodrigues disse...

:)

Juliana A. Matos. disse...

*-*

Postar um comentário

Faça o seu comentário aqui.