sábado, 30 de outubro de 2010

Existe apenas um pecado!

Existe apenas um pecado, um só. E esse pecado é roubar. Qualquer outro é simples mente uma variação do roubo.

— Quando você mata um homem, está roubando uma vida — disse baba.
— Está roubando da esposa o direito de ter um marido, roubando dos filhos um pai. Quando mente, está roubando de alguém o direito de saber a verdade. Quando trapaceia, está roubando o direito à justiça.

— Não há ato mais infame do que roubar, Amir — prosseguiu ele. — Um homem que se apropria do que não é seu, seja uma vida ou uma fatia de naan...
Cuspo nesse homem...



O caçador de Pipas.

2 comentários:

ingrid Carvalho disse...

Eu adimito já roubei.. Tenho o horrivel costume de roubar palavras tanto minhas quanto dos outros!Péssimo hábito :(

Juliana A. Matos. disse...

Acho que todos nós roubamos a todo momento.
Até em pensamentos. :S

Postar um comentário

Faça o seu comentário aqui.